ADS

Mantenedor de Espaço Estético-Funcional em Odontopediatria - Prótese Fixa de Denari Relato de Caso Clínico


A perda precoce de dentes decíduos anteriores ainda é um problema comum na Odontopediatria e pode estar associada a traumas na região anterior ou cárie de acometimento precoce.

A confecção de um aparelho mantenedor de espaço estético funcional é uma das opções de tratamento mais utilizada para este tipo de caso.

Entre as indicações deste aparelho estão a recuperação funcional, fonética e estética, além de prevenir transtornos emocionais da criança, melhorar o convívio social e preservar a dimensão correta da arcada e evitando desarmonias oclusais.


Dentre os principais aparelhos mantenedores de espaço está a prótese parcial anterior de sistema tubo-barra de Denari. Este relato de caso visa mostrar a importância do uso de um mantenedor de Denari e sua correta indicação, orientando profissionais que prestam atendimento odontológico à crianças.

Quando uma criança perde dentes anteriores decíduos precocemente, devido ao trauma dentário ou cárie de acometimento precoce, pode acarretar em alterações morfológicas nas arcadas dentárias, problemas na fonação (Riekman et al., 1985), mastigação, deglutição, além do problema estético, que é muito importante para o convívio social da criança.

Leer también : CÁRIE DE MAMADEIRA: Crianças não devem beber leite à noite

Embora na maioria dos casos de perda prococe dos dentes decíduos anteriores, onde a oclusão já foi estabelecida (após a erupção dos caninos decíduos), não haja uma perda de espaço significativa, a necessidade estética vem sendo cada vez mais relatada, tanto pelos pais, quanto pelas próprias crianças.

Uma ótima opção para a substituição do dente perdido é a confecção de uma prótese fixa funcional, pois geralmente as crianças menores de cinco anos não têm maturidade para usar um aparelho mantenedor de espaço removível. O planejamento das próteses fixas para pacientes infantis deve levar em consideração o crescimento e desenvolvimento da criança.

LEIA ARTIGO COMPLETO AQUI


° Isabel Cristina Olegário / Isadora Gonçalves Tabacchi / Juliana Rodrigues Cervantes / Inaiá Turazzi Eid


No hay comentarios