ADS

Cárie e dentifrício fluoretado em menores de três anos

Saude Bucal

A utilização de dentifrício fluoretado para a escovação dos dentes de crianças menores de três anos ainda é uma orientação vista com ceticismo por muitos pediatras, devido ao risco de desenvolvimento de fluorose dental.

No entanto, as evidências científicas atuais são bastante consistentes e respaldam com segurança essa recomendação.

A cárie dentária na primeira infância ainda é um problema de saúde pública no Brasil e sua prevalência tem se mantido alta em crianças de pouca idade (dois a cinco anos).


Cerca de metade dos pré-escolares tem ao menos um dente decíduo cariado e a prevalência média é de 2,4 dentes cariados, perdidos ou obturados por criança .

Por outro lado, a cárie nos dias atuais é uma doença controlável, desde que condutas frequentes e regulares sejam realizadas.

Veja Também: Higiene oronasal em bebê com fissura labio palatina (antes da cirurgia)

A dor de dente pode limitar as atividades da criança bem como restringir a sua alimentação. Desta forma, sua prevenção e controle são altamente desejáveis.

Para entender os métodos e mecanismos de controle da cárie dentária é necessário entender suas causas.

LEIA ARTIGO COMPLETO AQUI


° Sociedade de Pediatria de São Paulo

No hay comentarios