ADS

Cuidados com saúde bucal de grávidas podem prevenir partos prematuros

Saude Bucal

Consultas ao ginecologista durante a gestação fazem parte da rotina de qualquer grávida. O que muitas das futuras mamães desconhecem é que a ida ao dentista também é essencial para evitar problemas na saúde do bebê.

Doenças bucais e a falta de higiene da mulher podem aumentar o risco de a criança nascer antes do tempo ideal e com baixo peso.

Artigo publicado recentemente na revista científica Community Dentistry and Oral Epidemiology, da Nova Zelândia, aponta que a periodontite (infecção dos tecidos que envolvem e sustentam o dente) dobra a chance do parto prematuro.


“Não são todas pacientes que darão à luz antes das 37 semanas, mas existem duas vezes mais possibilidade de isso ocorrer entre as que têm o problema na boca”, explica o dentista Gabriel Politano, coordenador do Ateliê Oral Kids e membro do Departamento de Odontologia para Gestantes e Neonatos da Associação Brasileira de Odontopediatria (Aboped).

A periodontite é a evolução da gengivite (inflamação nas gengivas) mal tratada. Mais grave, a infecção não fica restrita à região bucal, mas é disseminada pela corrente sanguínea, contaminando todo o organismo.

Veja Também: DENTES DE LEITE: Como ajudar o seu bebê a aliviar as dores dos primeiros dentinhos?

No útero, de acordo com Gabriel Politano, a infecção que começou na gengiva estimula o sistema imunológico a produzir prostaglandina que, ao mesmo tempo que combate a bactéria, acelera o parto.

Para se ter uma ideia, medicamentos com a versão sintética da substância provocam a expulsão de feto morto da barriga da mulher.

LEIA ARTIGO COMPLETO AQUI


° hojeemdia.com.br
° Renata Galdino
° Foto : gauchazh.clicrbs.com.br

No hay comentarios