ADS

Disfunção da articulação temporomandibular em crianças

ATM criancas

As disfunções temporomandibulares (DTMs) oucraniomandibulares (DCMs) são consideradas umconjunto de disfunções articulares e musculares naregião crânio-orofacial, sendo caracterizadasprincipalmente por dor articular e/ou muscular,ruídos nas articulações temporomandibulares(ATMs) e função mandibular limitada ou irregular.

As DTMs abrangem um grande número de distúrbiosque incluem alterações na musculatura mastigatóriae nas articulações temporomandibulares, ou emambas.

Essas disfunções afetam o sistemaestomatognático como um todo e se manifestam pormeio de sinais e sintomas que limitam ouincapacitam as atividades fisiológicas do indivíduo.


Os sintomas mais comuns em crianças são:dor na região da ATM, sensibilidade à palpação,fadiga ou irritação nos músculos associadas àarticulação, sons ou limitações durante o movimentomandibular.

Tais sintomas geralmente variamde leves a moderados e aumentam com a idade.É importante o conhecimento dos distúrbios empopulações pediátricas por ser um período detransição da dentição decídua para a permanente,assim como por caracterizar a fase de crescimentoe desenvolvimento do complexo craniofacial.

Veja Também: SAÚDE BUCAL : Primeira Consulta Odontopediatra

É umaépoca na qual ocorre uma série de mudanças isiológicas adaptativas nas ATMs. Em recém--nascidos as ATMs são planas, não apresentam aindaa forma côncava da cavidade articular e neles nãoexiste a eminência articular como acontece no adulto,motivo que possibilita a realização de movimentosde sucção.

Outra característica é que a ATM está no mesmonível do plano oclusal.

Com a erupção dosincisivos se estabelecem a primeira intercuspidação,estabilidade oclusal da dentição decídua e ochamado primeiro trípode oclusal, formado pelaATM direita, dentes e ATM esquerda.

LEIA ARTIGO COMPLETO AQUI


researchgate.net
Fernanda Mara de Paiva BERTOLI / Estela Maris LOSSO / Ricardo César MORESCA

No hay comentarios