ADS

A importância da interação entre odontopediatrias e pediatrias no manejo de dentes natais e neonatais

Cirurgia Odontopediatria

O desenvolvimento dos dentes decíduos inicia-se a partir da sexta semana de vida intra-uterina, quando ocorre a proliferação do epitélio que originará o órgão dental.

A mineralização ocorre nesse período e, ao nascimento, 3/5 do esmalte coronário dos incisivos inferiores apresenta-se formado.


Os incisivos centrais inferiores decíduos são os primeiros dentes a irromper na cavidade oral, por volta dos seis meses de vida da criança.

Veja Também: Mantenedores de Espaço e sua Aplicação Clínica

Entretanto, têm sido relatados na literatura casos de crianças que já nascem com dentes erupcionados na cavidade oral ou que erupcionam no primeiro mês de vida, denominados dentes natais e neonatais, respectivamente.

Esses dentes podem fazer parte da dentição decídua normal ou serem dentes supranumerários, são mais freqüentes na região anterior da mandíbula e os incisivos inferiores correspondem aos dentes mais comumente envolvidos.

LEIA ARTIGO COMPLETO AQUI


° scielo.br
° Michele Baffi Diniz / Juliana Oliveira Gondim / Cyneu Aguiar Pansani / Fabio Cesar B. de Abreu-e-Lima
° Revista Paulista de Pediatria